Pesquisar
Close this search box.

Guia completo sobre Mini Artigo / Artigo Paper. Prepare o seu!

Mini Artigo
Guia completo sobre mini artigo e artigo paper

No âmbito acadêmico e científico iremos nos deparar com uma série de gêneros textuais que são frequentemente exigidos nesse tipo de contexto. Algumas produções acabam sendo mais conhecidas do que outras.

Por exemplo, em algum momento do seu curso universitário irão solicitar para você a produção de um resumo acadêmico, artigo científico, resenha crítica, etc.

No entanto, existe outro tipo de produção, que é menos recorrente, mas importante para quem deseja participar em eventos acadêmicos ou científicos, que é a escrita de Mini Artigo ou Artigo Paper.

Você já ouviu falar em Mini Artigo ou Artigo Paper em algum momento? Solicitaram para você esse tipo de produção e você tem a menor ideia de como desenvolver? Não se preocupe!

Em nosso conteúdo de hoje iremos discutir justamente sobre este assunto, apresentando para você o que é um artigo paper, qual é a estrutura deste tipo de produção textual e como você pode desenvolver o texto, sem enfrentar grandes dificuldades.

Assim também, você vai entender qual a diferença entre paper e artigo.

→ Você também pode estar a procura de um serviço profissional para sua auxiliar na sua pesquisa. Sempre recebemos solicitações de assessorias deste tipo. Se for seu caso, você pode dar uma olhada neste link e pedir o que precisa. Nos parece qualificado, confiável e tem garantia.

Aproveite!

O que é um Artigo Paper?
Entenda o significado de Artigo Paper / Mini Artigo

O que é um artigo paper?

Conforme conceito dado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT, 1989), podemos caracterizar um artigo paper como sendo:

Um Artigo Paper é um mini artigo científico, que frequentemente é construído dentro de uma linha temática, ou com base em resultados de um projeto de pesquisa. E tem mais.

A principal finalidade de um artigo paper é para a comunicação em congressos e reuniões de cunho científico, embora o material passe por uma análise antes da aprovação.

Basicamente, os objetivos por detrás de um artigo paper são os seguintes:

  • Determinar um problema de pesquisa e estudá-lo;
  • Fazer uma adequação de hipóteses para o seu desenvolvimento;
  • Realizar um cotejo de dados;
  • Desenvolver uma metodologia própria para a aplicação e coleta de dados;
  • Chegar a uma conclusão com a pesquisa ou recomendar os próximos passos a serem tomados para o desenvolvimento de uma área.

Os artigos paper são considerados estritamente técnicos, pois você verá esse tipo de produção frequentemente acompanhado com fórmulas, tabelas, gráficos, citações, notas de rodapé, inúmeros anexos e referências.

Qual é a estrutura de um Artigo Paper?
Passo a passo da estruturação do mini artigo ou artigo paper

Qual é a estrutura de um paper?

A estrutura de um paper de nível universitário deve ter pelo menos três partes claramente diferenciadas: (a) a introdução, (b) o corpo central do trabalho e (c) as conclusões.

Além disso, será necessário incluir um resumo (se necessário) e uma lista bibliográfica ou referências.

→ Você também pode ter Exemplos de Modelos de Papers Prontos, lendo nosso outro conteúdo: Modelos de Papers Prontos, Tipos e suas Estruturas

a) A Introdução do artigo paper

Esta seção é muito mais do que a apresentação do trabalho. A introdução serve para orientar leitores sobre o tema, identificar o problema ou problemas que o artigo irá analisar e delimitar as expectativas que o leitor pode ter em relação às contribuições da obra.

Além disso, nos ajuda a organizar nossa própria maneira de trabalhar. Uma boa introdução deve ter pelo menos cinco partes:

 

Informações sobre o assunto do artigo. Você tem que identificar o tópico principal e secundário, deixando bem expresso o interesse pessoal pelo assunto, a importância dela em relação a determinados eventos ou grupos sociais e, sobretudo, a importância de sua análise e estudo. É necessário deixar claro qual é o objetivo do trabalho. Você tem que ser específico e direto. Para muitos leitores, continuar ou não lendo um documento como esse, depende do primeiro parágrafo e da forma como o estudo é apresentado.

– O que se sabe sobre o assunto? Uma vez apresentado o assunto, é necessário indicar brevemente que coisas são conhecidas sobre ele, com que alcance e limitações. É importante mencionar o estado da arte sobre o assunto, uma vez que muitos dos argumentos, comentários e análises realizados durante o trabalho, serão baseados em estudos anteriores. Se for uma revisão bibliografia, é necessário indicar as principais teorias ou conceitos que serão discutidos.

– Que coisas não são conhecidas ou não foram estudadas em relação ao tema? Isso deve levar a…? desenvolver o mini artigo, indicando quais aspectos do tema não foram suficientemente analisados, ou quais conceitos não foram discutidos em determinadas áreas ou experiências. Por exemplo: existem inúmeros estudos que analisam as desvantagens, custos e erros da segmentação, mas muito poucos se aprofundaram em programas localizados em uma região ou comunidade, ou seja, casos específicos. Assim, o aspecto não estudado que um artigo poderia propor é justamente testar se as conclusões de outros estudos são válidas ou não para um determinado caso local.

– Como a questão será analisada? Uma vez definido o foco de atenção, é importante expressar…? quais aspectos do tema serão desenvolvidos e como, indicando variáveis ​​de análise, fontes de informações, procedimentos seguidos, etc.; ou seja, os aspectos metodológicos do trabalho. Aqui deve ser apresentado um detalhe de como o artigo está estruturado e qual é a ordem lógica do mesmo, que serve para orientar o leitor.

– Quais são as conclusões do trabalho? Para muitos leitores é importante saber – ao ler a introdução do trabalho – quais são as conclusões do estudo, e quais os argumentos ou qual evidência é apresentada para apoiar uma determinada posição. Embora não seja possível ‘dizer’ tudo em um parágrafo, é importante pelo menos indicar as principais conclusões a que chegaram.

b) O corpo central do artigo paper

Como o título indica, este é o espaço onde deve constar o conteúdo principal do paper. Aqui você tem que apresentar o argumento através do desenvolvimento de diferentes ideias ou conceitos, explicando sua utilidade e validade em relação ao problema pesquisado.

Uma seção geralmente está localizada no corpo do artigo para apresentar o ‘quadro conceitual’, e outra para desenvolver a análise que surge ao relacionar os conceitos básicos com os dados da realidade ou o caso estudado.

Isso varia substancialmente dependendo do tipo de item que está sendo experimentado. Seja qual for o caso, é importante organizar as ideias e conceitos expressos, permitindo ao leitor acompanhar de forma coerente a análise e a forma como se pretende responder às questões (o problema) que deram origem ao documento.

É importante levar em conta algumas recomendações para fazer seu mini artigo / artigo paper:

 

  • Cada nova ideia ou conceito deve começar em um parágrafo diferente, e cada parágrafo deve manter uma relação lógica com o anterior e o posterior.
  • Para organizar o trabalho, utilize títulos e subtítulos, indicando os tópicos ou subtópicos sobre o que está sendo escrito.
  • Apresentar exemplos, evidências ou ilustrações para cada nova ideia ou argumento que é apresentado, sejam eles extraídos de um livro, um artigo ou fontes primárias de informações (uma pesquisa, uma entrevista, etc.)
  • Tente relacionar os tópicos sobre os quais você está escrevendo, siga um fio comum. Isto facilitará a leitura e dará força ao argumento.
  • Compare seus argumentos com os de outros autores ou fontes citadas na obra, destacando as semelhanças e diferenças.
  • Procure destacar os aspectos básicos nos quais você irá basear suas conclusões.

c) As conclusões

Este é o espaço para apresentar a resposta ao problema ou questões sobre as quais escreveu. Não repita o desenvolvimento do tópico, nem analise as informações novamente à luz dos conceitos apresentados na seção anterior.

As conclusões devem ser curtas (concisas e precisas). Em primeiro lugar, é aconselhável fazer um resumo (síntese) das principais ideias e argumentos apresentados.

Em seguida, apresente os resultados e explique como eles respondem ao problema/objeto de estudo. Por fim, é válido apontar as limitações encontradas durante o estudo e que estimulam ou dão origem a trabalhos futuros sobre o tema.

Bom, deu para se ter uma boa ideia a respeito da diferença entre paper e artigo científico, não é mesmo?

Agora vamos entender como fazer um artigo paper?

Como fazer um Paper de um Artigo?
Saiba de que maneira você pode fazer um Artigo Paper / Mini Artigo

 Como se faz um artigo paper?

Uma das primeiras coisas que você deve preocupar-se ao desenvolver um artigo paper ou mini artigo é com relação à linguagem que será utilizada para o desenvolvimento do texto.

Recomenda-se que os autores deste tipo de trabalho, mantenham os seus juízos de valor e opiniões de forma velada no material, desenvolvendo uma linguagem aparentemente imparcial e distanciada, ou seja, é importante que você não transpareça nenhum tipo de crença ou preferência.

Se o seu estudo envolve dados que foram coletados, saiba que nos dados de um artigo paper, os mesmos frequentemente são experimentais e imensuráveis, imprimindo certo pendor científico.

Os autores dos minis artigos geralmente desenvolvem uma metodologia própria para o desenvolvimento da pesquisa.

No que tange a extensão desse tipo de artigo, ela pode variar de uma instituição para outra, mas geralmente gira em torno de 15 a 20 páginas.

Agora você já sabe o que é um artigo paper/mini artigo e como desenvolvê-lo!

 

Gostou do nosso conteúdo? Se nosso conteúdo de hoje foi útil para você, considere compartilhar em sua rede social favorita.

Usamos cookies para uma melhor experiência em nosso site. Você pode aceitar nossos termos ou saber mais sobre nossa Política de Privacidade e de Cookies. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).