Guia de ELEMENTOS e ESTRUTURA para artigo científico

Estrutura de Artigo Científico
Conheça a estrutura de um Artigo

Escrever um artigo científico envolve muitas questões, que vão além do conteúdo que será impresso nesse tipo de produção, uma vez que também devemos considerar a estrutura de um artigo científico, ou seja, como iremos formatá-lo dentro das principais diretrizes vigentes no país.

Além disso, o desenvolvimento de um artigo científico costuma ser cobrado em praticamente todas as universidades e dentro das mais variadas áreas e campos de conhecimento. Com isso, é comum vermos acadêmicos apavorados, por não saberem por onde começar, ou até mesmo como estruturar os elementos de um artigo científico do jeito certo.

É claro que existem muitos pontos que devem ser observados na hora de se organizar as partes de um artigo científico, mas nada que não possamos aprender rapidamente e somar ao nosso leque de conhecimento, para a produção de um artigo científico de qualidade e adequado às normas de sistemas como o da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Nesse sentido, em nosso artigo de hoje, iremos lhe apresentar quais são as partes constituintes desse tipo de produção, que geralmente circula no âmbito científico e acadêmico e o que a ABNT apresenta como estrutura base para esse tipo de gênero textual.

Confira e faça uma boa leitura!

Índice desta página

O que é um Artigo Científico

Uma breve apresentação do conceito e significado de artigo científico

Nossa introdução
sobre Artigo Científico

Leia Agora

A estruturação de artigo científico é obrigatória?
É sempre a mesma?

A estrutura de um artigo científico nem sempre é a mesma, pois depende de diversos fatores. Saiba mais.

Entenda quais critérios de estruturação do Artigo Científico

Leia Agora

Elementos de um Artigo Científico

A estrutura do artigo deve conter elementos obrigatórios e opcionais para a composição padronizada de um Artigo Científico.

Conheça os detalhes desta padronização de elementos para Artigo Científico

Leia Agora

Dicas extras de formatação da estrutura do artigo científico segundo a ABNT

Aproveite nossas dicas extras!

Aprenda com
nossas dicas
sobre formatação!

Leia Agora

O que é um artigo científico?

Primeiramente, precisaremos entender qual é o conceito de artigo científico. Podemos conceber um artigo científico enquanto um informe escrito e publicado, que tem como objetivo principal, descrever resultados originais de uma pesquisa. Pesquisa esta que pode envolver diferentes áreas de conhecimento e que geralmente circula em revistas acadêmico-científicas e também em periódicos nacionais e internacionais.

Desta definição, podemos extrair que:

  1. Um artigo científico desenvolve e trata de resolver uma problemática dentro de um nicho científico específico;
  2. Não basta simplesmente redigir esse tipo de produção, mas sim, buscar sua publicação como meio de difundir o conhecimento e expandir uma problematização levantada pela pesquisa;
  3. Geralmente trata de resultados de pesquisa que são originais. Isso quer dizer que, é necessário respeitar a autoria de pesquisas similares e citar devidamente. Nunca se deve plagiar, ou seja, fazer menções ou cópias de textos de forma indevida, sem mencionar o autor ao qual nos baseamos para fundamentar o nosso estudo.

Se você quiser se aprofundar mais sobre Artigo Científico: entender o que é Artigo Científico, como fazer e como escrever passo a passo, leia nossa página principal, que está bem estruturada para te dar esta base: http://artigocientifico.com.br/

Partes que compõem a Estruturação de Artigo Científico
Estrutura: quais as partes de um Artigo Científico?

A estruturação de artigo científico é obrigatória?
É sempre a mesma?

Essa é uma pergunta muito comum feita pelos autores de artigos científicos, e nesse caso, devemos salientar que a resposta é muito relativa.

Isso porque o formato e estrutura de um artigo podem ser alterados, dependendo da revista ou periódico no qual venhamos a publicar o nosso estudo.

No entanto, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) apresenta uma estrutura padrão de artigos científicos que é comumente privilegiada na grande maioria das universidades e centros de pesquisa, e consequentemente, algumas revistas também buscam considerar essas normas, na hora de solicitar um artigo para determinado autor.

Sendo assim, não podemos produzir um texto corrido, sem antes termos uma mínima preocupação com as partes de um artigo científico, uma vez que seu formato também é parte constituinte desse tipo de produto e, portanto, não pode ser descartado ou considerado de menor importância em uma pesquisa.

É necessário organizar um artigo científico e buscar manter uma estrutura que seja consistente, para que a pesquisa cumpra com os objetivos primordiais, que é compartilhar e transmitir corretamente aos demais autores da comunidade científica, os achados e resultados da pesquisa.

Além disso, a ABNT define que o artigo científico desenvolvido de forma completa, deve ter de 15 a 20 páginas, as quais nós devemos fazer um somatório, incluindo já os elementos de referências bibliográficas e notas.

No que tange a configuração da página, a mesma deve ser formatada para o tamanho de papel A4, tendo como orientação o formato “retrato”.

Além disso, a margem superior e margem esquerda da página A4 devem possuir 3 cm e a margem inferior e direita 2 cm.

Já no que tange a configuração da fonte, a ABNT permite que os autores escrevam seus artigos científicos com fonte Times New Roman ou Arial, cujo tamanho da letra deve ser 12, espaçamento entre linhas de 1,5 para todo o texto, exceto nas citações diretas, as quais deverão aparecer com recuo de 4 cm, espaçamento entre linhas simples, texto justificado e com letra tamanho 10.

Outras informações sobre citação e referências você encontra no artigo especial: GUIA ABNT COMPLETO – Referência e Citação de Artigo Científico

3 Elementos do artigo científico segundo a ABNT
Agora você vai conhecer quais são os elementos do artigo científico

Elementos de um artigo cientifico: estrutura e formatação segundo a ABNT

Como apontamos anteriormente, a ABNT é a principal referência de formatação dos elementos de um artigo científico e inclusive, essa entidade possui um manual com regras de formatação para os artigos científicos, que todos os autores devem considerar na hora de estruturar os elementos de seus textos teóricos.

Essa associação traz os elementos de um artigo científico que devem ser considerados. São eles:

  1. Elementos Textuais;
  2. Pré-textuais;
  3. Pós-textuais.

Elementos pré-textuais do artigo científico segundo a ABNT

Nesse apartado deveremos apresentar informações básicas sobre o texto e sobre o autor, além de uma breve explicação sobre o que o leitor irá encontrar na totalidade do artigo científico, o que denominamos de resumo.

Sendo assim, os elementos que não podem faltar em seu artigo científico na parte pré-textual são:

  • Título:

a) deve ser apresentado em língua portuguesa e também em língua estrangeira (inglês, espanhol, alemão, francês, italiano, entre outros), com fonte de tamanho 12 ou 14, com texto centralizado e letras maiúsculas e em negrito. No caso de haver um subtítulo, este deverá ser inserido em letras minúsculas.

b) O título deve proporcionar a correta compreensão do que trata o artigo, ou seja, possibilitar que o leitor compreenda a finalidade do texto e sua abordagem, apenas pela leitura do título.

c) O título deve ser muito claro, breve e conciso;

d) Além disso, é imprescindível que esteja traduzido em um segundo idioma, normalmente inglês, mas outros idiomas também podem ser aceitos dependendo da revista.

e) Deve resultar atrativo e captar a atenção do leitor.

f) Nunca deve incorporar siglas nem abreviações.

  • Autor (es) e instituição:

Nesse caso, após inserir seu título do artigo científico, basta dar um espaçamento de 1,5 entre linhas, escrever o nome do autor ou autores da produção, seguido de uma nota de rodapé, na qual deverá constar a titulação do autor (graduado, especialista, mestre, doutor, pós-doutor), instituição a qual está vinculado e e-mail para contato.

  • Resumo e palavras-chave em português

a) Deverá trazer ideias breves e concretas sobre o trabalho científico, com objetivos, metodologia, resultados e considerações finais do estudo.

b) O texto de resumo deve ser apresentado em um único parágrafo, com fonte Times New Roman ou Arial tamanho 10, espaçamento simples.

c) Ao final do resumo, inserir palavras-chave, as quais devem vir na linha imediatamente abaixo do resumo. Podemos inserir de 3 a 5 palavras chave, sempre separadas uma das outras por ponto, seguido de inicial de cada palavra em maiúsculo.

  • Resumo e palavras-chave em idioma estrangeiro

Devem ser apresentados no mesmo formato do artigo em língua materna, incluindo até mesmo as palavras-chave no idioma estrangeiro escolhido.

 

Quer um exemplo da estrutura de um artigo?

Veja a seguir como os elementos pré-textuais se estruturariam na prática:

DA EFICÁCIA DA MEDIDA SOCIOEDUCATIVA
DA INTERNAÇÃO APLICADA AO ADOLESCENTE
EM CONFLITO COM A LEI

Nome do(s) autor (es)

Resumo: O presente artigo tem como objetivo a discussão a respeito da eficácia da medida socioeducativa de internação à luz do Estatuto da Criança e do Adolescente, fazendo considerações sobre o contraste entre a teoria da medida prevista no ECA e a realidade nas unidades de internação. Nesse sentido, tratou-se dos princípios norteadores para a aplicação da internação como medida socioeducativa como finalidade de ressocializar o adolescente infrator, sendo feita uma análise em busca de soluções e melhorias para o eficaz funcionamento da internação.
Palavras-chave: Internação. Adolescente Infrator. Medida Socioeducativa.

Resumen: El presente artículo tiene como objetivo la discusión al respeto de la eficacia de la medida socioeducativa de internación a partir del Estatuto del Niño y Adolescente, haciendo consideraciones sobre el contraste entre la teoría de la medida prevista en el ECA y la realidad en las unidades de internación. De este modo, se trató de los principios base para la aplicación de la internación en cuanto medida socioeducativa como finalidad de resocializar el adolescente infractor, siendo hecho un análisis en búsqueda de soluciones y mejorías para el eficiente funcionamiento de la internación.
Palabras clave: Internación. Adolescente Infractor. Medida Socioeducativa.

Fonte: Artigo retirado do banco de teses e dissertações da PUCRS. OBS: o texto deste exemplo deve ser formatado justificado, seguindo as regras ABNT.

Elementos textuais do artigo científico segundo a ABNT

No caso dos elementos textuais, estes são constituídos de introdução, desenvolvimento e consideração final/conclusão. Veja os detalhes da estrutura de cada um desses elementos a seguir:

  • Introdução

a) Texto breve e que apresenta o problema estudado.

b) O formato do texto deve ser justificado com fonte tamanho 12.

c) É necessário relacionar na introdução o contexto científico, fazendo uma discussão de hipóteses relacionadas (trabalhos prévios, teses com problemáticas não solucionadas, etc.)

d) Antes de fechar o apartado da introdução, devemos incluir os objetivos da pesquisa realizada e as hipóteses do estudo.

  • Desenvolvimento

É a parte do artigo científico considerada mais extensa, ou seja, que apresenta a maior quantidade de conteúdos e discussões. Além de existir esse apartado, existem outras subáreas que aparecem neste tipo de produção:

a) Metodologia: neste apartado, o autor deverá apresentar quais serão os procedimentos utilizados para que o estudo pudesse ser posto em prática e descrever os métodos de coleta de dados e como esses, passo a passo, serão feitos. Aprenda mais no Guia Completo de Metodologia para Artigo Científico.

b) Resultados e Discussão: neste caso, o autor descreve, apoiando-se nas principais teorias da sua área, quais foram os resultados obtidos e que tipo de discussão é possível propor a partir desses recursos identificados.

c) Considerações finais: na hora de elaborar as conclusões ou considerações finais, o autor deverá considerar os objetivos definidos para tal estudo, verificando e apontando, com base dos resultados coletados, quais objetivos foram alcançados e quais ainda carecem de mais estudos.

Elementos pós-textuais do artigo científico segundo a ABNT

Devemos apresentar os textos teóricos e obras utilizadas ao longo do artigo científico para fundamentação do texto, dentre outros elementos que você poderá conferir a seguir:

a) Referenciais Bibliográficos: nesse caso, deveremos mencionar os autores e obras que foram utilizados ao longo do texto, obedecendo as normas da ABNT, que são: texto em Times New Roman, com espaçamento entre linhas formato como simples e espaçamento antes e depois de uma citação e outra de 6 pt.

As referências bibliográficas são elementos obrigatórios de um artigo científico e devem ser devidamente elaboradas dentro das normas da ABNT. Outros elementos pós-textuais que também podem aparecer em artigo científico, mas que são de caráter opcional são:

  • a) Glossário;
  • b) Apêndice;
  • c) Anexos;
  • d) Agradecimentos;
  • e) Lista de figuras e siglas.
Formatação da estrutura do artigo científico
Aproveite nossas dicas para formatar segundo a ABNT

Dicas extras de formatação da estrutura do artigo científico segundo a ABNT

Além de todas as informações dadas sobre a estrutura de um artigo científico segundo a ABNT, existem outros elementos que comumente aparecem nos artigos científicos e que também precisamos colocar especial atenção, são eles:

  • Notas de rodapé

Na hora de criar uma nota de rodapé, você deverá considerar os espaçamentos previamente definidos pela ABNT para formatação da página. Isso quer dizer que, deverá separar as notas do texto por um espaço simples e por um filete de 5 cm, a partir da margem esquerda.

  • Equações e fórmulas

Caso o seu artigo possua equações e fórmulas, será necessário cuidar o formato com o qual apresentará esse tipo de elemento.

A ABNT afirma que devemos mostrá-las sempre destacadas no texto, numeradas com algarismos arábicos apresentados entre parênteses, e com alinhamento à direita.

  • Ilustrações

No caso de trazer ilustrações (desenhos, gráficos, mapas, quadros, plantas, retratos, fluxogramas, etc.), deveremos identificar o material na parte superior, escrevendo, por exemplo: FIGURA 1- Melhor Plataforma de Formatação de Documentos.

No caso da fonte, esta deverá aparecer logo abaixo da ilustração.

Lembre-se de escrever sempre uma legenda para a sua ilustração que seja concisa, de modo que o leitor não tenha que verificar no texto ou fonte para conseguir entender sua finalidade.

  • Tabelas

Segundo as normas da ABNT, não podemos referenciar as tabelas e as ilustrações do mesmo modo, já que segundo a entidade, seriam coisas distintas e que, portanto, precisam ser referenciadas com outro tipo de formato.

Desse modo, sempre que quiser inserir alguma tabela em seu artigo científico, devemos trazer o termo de identificação TABELA, seguido de um número de ordem ao longo do texto, travessão e título que o autor deseja apresentar para a sua tabela.

No caso da fonte da tabela, esta deverá ser apresentada, apenas se a mesma não for criada pelo próprio autor do documento.

Conclusão e suas dúvidas

Como você pode observar ao longo do nosso artigo de hoje, existem inúmeras questões as quais devemos tomar nota na hora de estruturar um artigo científico.

A dica base para os autores é que, sempre busquem formatar o texto acadêmico, primeiramente dentro do formato das normas da ABNT, principalmente se não possuírem uma definição exata da revista na qual pretendem publicar o estudo.

Por que dizemos isso? Porque quando organizamos nosso texto dentro das regras da ABNT, quando formos submeter a produção para a revista científica, serão poucas ou nenhuma, as modificações necessárias para a aceitação da pesquisa.

Esteja antenado também que, todos os anos a ABNT lança alguns adendos em seu manual de formatação, e para isso, precisamos nos manter atualizados, ano a ano, para que o texto se adeque ao formato estabelecido pela entidade e que se mantenha atualizado.

Gostaríamos de saber de você: gostou de nosso artigo? Ficou alguma dúvida ou sugestão? Escreva-nos em nossa página de contato.

Não deixe de compartilhar nosso conteúdo, isto nos ajuda e muito a manter nossa página no ar.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Usamos cookies para uma melhor experiência em nosso site. Você pode aceitar nossos termos ou saber mais sobre nossa Política de Privacidade e de Cookies.