Pesquisar
Close this search box.

Como selecionar artigos científicos para minha pesquisa?

Como fazer a seleção de artigos científicos
Aprenda mais sobre o processo de seleção de artigos científicos, mostrando a importância de critérios bem definidos.

Quando preparamos uma pesquisa de qualidade, onde há um maior rigor teórico e metodológico, precisamos entrar em contato com a produção acadêmica que está sendo feita sobre o tema da nossa pesquisa.

Essa é uma maneira de compreender melhor os debates contemporâneos e conhecer mais sobre a sua área.

Entende?

Como é praticamente impossível ler todos os artigos que são publicados hoje em dia, é preciso fazer uma seleção de artigos científicos para fundamentar a nossa pesquisa.

Para isso, você pode desenvolver um método com uma boa justificativa, para o caso de alguém questionar sobre os critérios de seleção deles.

Assim, te apresentamos aqui meios pelos quais você pode selecionar os melhores artigos científicos para a sua pesquisa.

→ Veja o que abordaremos através de nosso índice:

Os melhores critérios para seleção de artigos científicos para a sua pesquisa

Quais os critérios para seleção de artigos específicos para uma pesquisa?
Principais critérios para selecionar artigos científicos de qualidade para a sua pesquisa.

Pode ser decepcionante o que vamos te responder agora, mas não há uma receita pronta sobre o melhor critério para a seleção de artigos científicos para a sua pesquisa.

Mas, há sim alguns pontos fundamentais.

Estes pontos vão te auxiliar e muito a refinar a busca pelos melhores artigos científicos para a sua pesquisa.

Vamos conversar sobre alguns deles?

Conheça o seu objeto de pesquisa

Inicialmente, para fazer uma boa seleção de artigos científicos, é fundamental que você conheça qual é o seu objeto de pesquisa.

Ou seja, o que você está pesquisando?

Quais são as palavras-chaves relacionadas a ele?

Entenda. Começar a fazer essas delimitações iniciais já te ajudará a encontrar artigos que estão relacionados com a sua pesquisa.

Por mais que esse ainda seja um universo grande, com o tempo você criará outros critérios para ir delimitando mais quais são os artigos científicos de seu interesse.

Saiba claramente qual é o seu referencial de análise

Quando fazemos uma pesquisa, temos um referencial de análise que nos ajudará a fazer a leitura crítica do que estamos pesquisando.

Quer um exemplo?

Então vamos lá. Uma pessoa que está interessada em fazer uma análise econômica de um determinado objeto de pesquisa, poderá optar por usar o autor Adam Smith para fazer a análise do recorte da realidade que ela está pesquisando.

Dessa maneira, quando você for pesquisar artigos científicos relacionados ao seu tema de pesquisa busque também aqueles que possuem um referencial analítico semelhante ou até mesmo que critiquem o seu.

Isso te ajudará bastante!

Isso porque fortalecerá a sua compreensão dos autores que você selecionou para o seu referencial analítico, e também fará com que você conheça quais são as críticas a eles.

Defina quais serão os seus métodos na pesquisa

Um erro muito comum é sair coletando artigos científicos sem qualquer critério.

Muitas vezes só se lê o título do artigo e ele já é selecionado.

Para conseguir ter os artigos que serão realmente importantes para o seu trabalho, é preciso construir uma metodologia de coleta de dados.

Mas, o que isso significa?

Isso significa que você precisa ter critérios de seleção dos artigos científicos e esses critérios precisam ser justificados.

Quer um exemplo?

Se você está fazendo um trabalho na área da saúde e resolve selecionar alguns artigos científicos.

Você pode escolher somente aqueles em que houve um estudo clínico randomizado e que tenha sido realizado com mais de mil pessoas.

A justificativa para tal escolha pode ser porque você quer selecionar somente artigos que tenham estudado um contingente populacional maior e assim, possivelmente, eles terão resultados mais fidedignos à realidade.

Entendeu?

Observe que, em nosso exemplo acima, houve a seleção dos artigos por meio do critério metodológico.

Porém poderia até mesmo ser por outros critérios.

O fundamental é que esse critério exista e que ele esteja bem claro para você não sair coletando qualquer artigo somente porque ele contém uma palavra-chave que se relaciona com o seu tema.

Faça um recorte temporal tanto de ano de publicação como até mesmo do tema

 

Como dito anteriormente, hoje vivemos em um tempo em que há muitos artigos publicados e, com a internet, podemos ter acesso a artigos de vários cantos do planeta.

Isso faz com que seja impossível lermos todos os artigos já publicados.

Dessa maneira, um critério que você pode usar na seleção dos artigos científicos para o seu trabalho, é o recorte temporal.

Ou seja, você selecionará um intervalo de anos para pesquisar artigos científicos que foram produzidos.

Suponhamos que você quer estudar as pesquisas iniciais sobre a pandemia do Coronavírus que atingiu o planeta no final de 2019 e teve seus anos mais intensos entre 2020 e 2022.

Assim, você pode selecionar artigos que foram publicados somente no ano de 2020 e verificar as diferenças entre eles no decorrer dos meses – conforme as pesquisas iam avançando – e como a produção desses artigos foi crescendo de acordo com o prolongamento da pandemia.

Esse é somente um exemplo de como a intersecção de categorias como o ano de publicação do artigo e o tema podem te ajudar a encontrar o melhor artigo científico para sua pesquisa.

Se couber em sua pesquisa, defina de qual país serão as publicações

Se hoje em dia temos acesso a artigos produzidos por pesquisadores pelo mundo inteiro, você também pode usar como critério de seleção a localidade em que foram produzidos.

Ainda utilizando o exemplo citado acima sobre uma pesquisa dos anos iniciais da produção científica sobre o coronavírus, é possível adicionar o critério de artigos produzidos somente no Brasil.

Ou artigos produzidos somente na América Latina durante o ano de 2020.

Veja como esses critérios relacionados já fizeram com que o seu recorte de artigos fosse diminuindo.

Isso é fundamental para que você consiga fazer uma leitura crítica dos mesmos e consiga relacioná-los.

Afinal de contas, essa capacidade de relacionar e analisar é fundamental para que o conhecimento científico cresça cada vez mais.

Além dos critérios mencionados acima, você também pode desenvolver outros e relacioná-los para que sua pesquisa seja mais densa o possível.

Tudo dependerá de qual é o objetivo da sua pesquisa e quais são os meios que você usará para conseguir alcançá-los.

Sendo assim, nunca se esqueça de montar esses critérios claramente e de segui-los durante a sua pesquisa.

Isso te ajudará bastante quando tiver de escrever sobre sua pesquisa e será enriquecedor para a academia como um todo.

Agora, vamos a outras dicas?

Utilize bases de dados confiáveis

Bases de dados acadêmicas para sua seleção de artigos
Bases de dados acadêmicas confiáveis vão garantir a credibilidade e qualidade dos artigos.

Para selecionar artigos científicos de qualidade, é importante utilizar bases de dados confiáveis.

Essas bases de dados são reconhecidas pela comunidade acadêmica e garantem que os artigos disponíveis passaram por um processo rigoroso de revisão por pares.

Entre as principais bases de dados acadêmicas, podemos citar PubMed, Scopus, Web of Science, as bases indicadas pelo Capes e Google Scholar.

Claro que existem muitas outras bases.

→ E você também pode se utilizar de ferramentas de IA para montar esta base de artigos. Conheça aulas aqui.

Explorar essas plataformas permite acessar uma grande quantidade de artigos relevantes para a sua pesquisa, além de oferecer ferramentas de busca avançadas que ajudam a refinar os resultados.

Portanto, ao iniciar a busca por artigos científicos, priorize o uso dessas bases de dados para garantir a qualidade e a credibilidade dos estudos selecionados.

Avalie a relevância e a qualidade dos artigos

Avaliação de artigos científicos
Saiba como identificar a importância de avaliar a relevância e a qualidade dos artigos científicos para a pesquisa

Na hora de selecionar os artigos científicos, também é importante avaliar tanto a relevância quanto a qualidade dos estudos.

A relevância está diretamente relacionada ao tema da sua pesquisa e ao quanto o artigo pode contribuir para o desenvolvimento do seu trabalho.

Para isso, analise o resumo e as palavras-chave dos artigos para verificar se eles estão alinhados com o seu objeto de estudo.

Além disso, a qualidade metodológica dos artigos também deve ser considerada, entende?

Verifique se o estudo foi publicado em um periódico de alto impacto e com boa reputação na área.

Avalie também a metodologia utilizada pelos autores, observando se os métodos são apropriados e se os resultados apresentados são robustos e bem fundamentados.

Dessa forma, você garante que os artigos selecionados são não apenas relevantes, mas também de qualidade.

Considere a diversidade de fontes

Diversidade de fontes em pesquisa
Inclusão de artigos de diferentes fontes e autores para enriquecer a pesquisa acadêmica

Incluir diversidade de fontes na sua pesquisa é essencial para obter uma visão ampla e abrangente sobre o tema estudado.

A ciência é construída a partir de múltiplas perspectivas e abordagens, e considerar diferentes fontes permite enriquecer a sua análise e trazer mais profundidade ao seu trabalho.

 

Busque artigos de autores variados, provenientes de diferentes instituições e países.

Isso não apenas amplia o leque de informações disponíveis, mas também ajuda a identificar tendências e debates globais na sua área de estudo.

Além disso, incluir fontes diversas pode revelar críticas e contrapontos importantes, fortalecendo a argumentação e a consistência da sua pesquisa.

Procure adotar estes três critérios:

  • utilizar bases de dados confiáveis;
  • avaliar a relevância e a qualidade dos artigos; e
  • considerar a diversidade de fontes

Assim, você estará bem encaminhado para selecionar os melhores artigos científicos para a sua pesquisa, garantindo um trabalho rigoroso e bem fundamentado.

Mantenha-se atualizado

A ciência está em constante evolução e novos estudos são publicados diariamente.

Portanto, é essencial manter-se atualizado com as últimas pesquisas relacionadas ao seu tema.

Mas, claro, levando em consideração a questão do recorte temporal que citamos acima.

Uma dica é que isso pode ser feito assinando alertas de novas publicações nas bases de dados que você utiliza.

Essas notificações garantem que você esteja sempre ciente dos avanços e descobertas mais recentes na sua área de interesse.

Além disso, participar de conferências, seminários e webinars também é uma excelente forma de se manter informado sobre as novidades e tendências no campo acadêmico.

Estar atualizado não só enriquece a sua pesquisa, mas também proporciona uma visão mais ampla e contextualizada do tema estudado.

Revise periodicamente os critérios de seleção Mantenha-se atualizado

Revisão e ajuste de critérios de seleção
A importância de revisar e ajustar os critérios de seleção conforme a pesquisa avança.

Conforme a sua pesquisa avança, pode ser necessário revisar e ajustar os critérios de seleção dos artigos.

Essa revisão periódica é importante para garantir que os critérios permanecem relevantes e alinhados com os objetivos do seu estudo.

À medida que você se aprofunda no tema, novos aspectos e enfoques podem surgir, demandando ajustes nos critérios estabelecidos inicialmente.

Revisar os critérios de seleção ajuda a refinar ainda mais a busca por artigos, garantindo que você esteja sempre focado nos estudos mais pertinentes e de maior relação para a sua pesquisa.

Essa flexibilidade é crucial para manter a qualidade e a relevância do seu trabalho ao longo do tempo de execução do trabalho.

Esperamos que tenha gostado.

Aproveite nossos outros artigos abaixo.

Usamos cookies para uma melhor experiência em nosso site. Você pode aceitar nossos termos ou saber mais sobre nossa Política de Privacidade e de Cookies. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).